domingo, 22 de janeiro de 2017

trumpisse

"Vamos tornar a América grande novamente", disse o agora Presidente dos Estados Unidos da América, Donald J. Trump, sendo que deve ter faltado o complemento: "Vamos, mas se conseguirmos fazê-lo sem os chatos dos gays era melhor"

Para começar, a página da Casa Branca (www.whitehouse.gov/lgbt) onde estavam elencados alguns assuntos LGBT, como algumas conquistas do passado recente, desapareceu. E ainda estamos no dia 2. Apertem os cintos que daqui para frente só vai sair asneira.

Créditos: Casa Branca 

Como já estou a ver que vou ter muito material para escrever nos próximos meses e anos, julgo que se justifica a hashtag #trumpisse - um cruzamento entre Trump e merdisse. 



Nota de 24 de janeiro de 2017: Mea culpa. Afinal, afinal há festa no Hospital. Ou seja, esta página passou para o arquivo do Presidente Obama dado que cada Presidente que entra fica com a página a "zero". Veremos é se no futuro Donald J. Trump terá uma página similar no seu percurso na Casa Branca. Aguardemos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Podem comentar, que eu deixo. Vale tudo, menos ofender. Ok? E estar vivo é o contrário de estar morto - Lili Forever.