domingo, 15 de janeiro de 2017

namoricos

Bem sei, que criticar é fácil e fazer diferente é que será difícil, mas ainda assim, e sendo eu mais moderno hoje do que era ontem, há coisas que ainda não consigo encaixar. Tipo, queixava-se há cerca de 3 semanas atrás, que o namorado o tinha deixado, que não percebia o porquê, que tinha dedicado toda uma vida ao namoro, que a família do namorado ainda estava em choque com o fim do relacionamento e que iria demorar anos para se "reconstruir". Embora eu seja um insensível, consigo perceber as fases menos boas das pessoas e na falta de uma palavra de apreço e compreensão da minha parte, prefiro ficar calado. Ao menos "caladito" não digo porcaria, e já que não ajudo, ao menos não estrago mais. Contudo, de um momento para o outro, a dita personagem assume um relacionamento para todo o mundo "ler", e afirma que está feliz, que está na lua, que está perdidamente apaixonado e que agora é para a vida, e que finalmente acertou, e cria um perfil conjunto nas redes sociais e assume um relacionamento com cerca de 3 semanas. 

Enfim. Tenho tanto para aprender ainda... 

6 comentários:

Podem comentar, que eu deixo. Vale tudo, menos ofender. Ok? E estar vivo é o contrário de estar morto - Lili Forever.