domingo, 15 de janeiro de 2017

prima

Uma pessoa escreve uma banalidade no Facebook a dizer que está no Shopping e não-sei-o-quê, e a nossa prima (que tem um perfil conjunto com o seu mais-que-tudo) partilha o nosso estado na sua cronologia. Tipo, de todas as parvoíces que temos publicadas - e algumas com interesse - foi escolher a mais estúpida. Mas pronto. Se calhar alguém lhe perguntou onde eu estava, e ela (ou o seu mais-que-tudo), resolveram informar. Tudo a bem da nação. Sim, porque a nação sem saber onde eu estava é que não pode ser.

2 comentários:

Podem comentar, que eu deixo. Vale tudo, menos ofender. Ok? E estar vivo é o contrário de estar morto - Lili Forever.