sexta-feira, 5 de maio de 2017

possessão

Sempre fui muito possessivo. Mimado. Birrento. Não sou filho único, mas há quem diga que tenho muitas características dessa condição. Há quem diga que sempre recebi muito mimo, mas a verdade é que sempre recebi muita exigência. É verdade também que sou muito comichoso. A minha tesoura é a minha tesoura, a minha caneta é a minha caneta e o meu cabo do telemóvel é o cabo do MEU telemóvel e tenho alguma dificuldade em emprestar. Ou seja, até empresto, mas demoro a horas emprestar – simplesmente porque o objecto fica colado na minha mão – ou digo logo que preciso daquilo que empresto “daqui a 1 hora”. E o mesmo se passa com os meus colegas de trabalho, amigos, família ou namorado. A máxima é: tudo o que é meu deve ser evitado partilhar. Ou como diz a minha guru Rosinha: “na minha panela não entra qualquer colher”

Por exemplo, quando um amigo meu traz um amigo dele para o nosso círculo de amigos (será que empreguei na mesma frase muitas vezes a palavra “amigo?” #dúvidaexistencial) fico logo de pé atrás. Esboço um sorriso amarelo e fico a pensar “mas o que está este grunho/a, a fazer aqui?”. Confesso que não sou uma pessoa fácil, e sei que passados uns tempos até posso adorar o facto de ter conhecido as pessoas em questão, mas até lá fico sempre aziado. O mesmo se passa com os meus colegas de trabalho quando trazem alguém “novo” para o nosso quotidiano. Fico logo a revirar os olhos, a encarnar a Regan MacNeil e a dizer asneiras interiormente. Sou uma pessoa de hábitos e resistente à mudança, embora goste de experimentar coisas novas e de conhecer sítios e pessoas diferentes. Confuso? Talvez. Talvez seja mesmo bipolar. Um bipolar que não gosta de partilhar. 

Ainda bem que não nasci há dois milénios atrás e que não fui apóstolo. Tinha sido logo corrido antes mesmo de começar a exercer funções, embora se conseguisse transformar água em vinho seria uma coisa muito fixe.

8 comentários:

  1. Também tenho ciúmes de minhas coisas, desde coisas simples, como livros, roupas, etc...

    De amigos eu já tive, mas hoje em dia melhorei 100%...
    Quando tu descobrires algo que melhore nestes quesitos, nos informe e indique a receita rs...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda estou à procura Ro, mas quando descobrir algo eu informo :P

      Eliminar
  2. E, com um namorado consegues partilhar tudo à primeira ou é só conversa fiada? Uhmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basicamente não consigo partilhar nada com ninguém lolol

      Eliminar
  3. Quando era miúdo também era assim. Depois cresci. Se calhar ainda és miúdo xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E se calhar tu queres ser agredido com uma lista telefónica, assim para o sem "querer" LOOOL

      Eliminar

Podem comentar, que eu deixo. Vale tudo, menos ofender. Ok? E estar vivo é o contrário de estar morto - Lili Forever.