quinta-feira, 9 de março de 2017

parvoíces

Hoje trago uma camisolas às riscas. Chego ao trabalho e a minha colega da frente diz-me:

- Odeio essa camisola. Odeio riscas. 

E eu respondo: 

- Mas é para combinar. 

Ela olha-me com "olhos de ver" e afirma:

- Não sei com o quê... 

E eu, com a mania que sou malandro digo:

- Com os boxers *e levanto a camisola e mostro-lhe um bocado dos boxers* 

Ela tapa os olhos com as mãos, e eu provoco:

- Agora finge-te de santa. Estavas danada para que eu fizesse uma piada do género.

E ela responde-me: 

- Nada disso. Só não quero lembrar-me que tenho a roupa interior do meu marido para arrumar. 


Entretanto olhamos para o lado, e estão duas colegas a olhar para nós. Eu pergunto:

- Que foi?

E uma delas responde:

- Por nós podes continuar, nós não temos roupa dos maridos para arrumar. 

E eu:

- Não há ambiente para isso. Não tenho música *e eu ajeito a camisola, arrumo tudo direitinho, e sento-me quietinho... não vá alguém ter a brilhante ideia de colocar uma música de fundo* 

2 comentários:

  1. Podias era ter pedido a ver se punham uma notinha dentro dos ditos boxers... xd

    ResponderEliminar

Este blogue não é uma democracia e eu sou um ditador'zinho... pelo que não garanto que o comentário seja publicado. Mas quem não arrisca...